• Colegio Sao Pedro

Descubra seu talento e viva feliz!

Grande parte da humanidade nasce com habilidades próprias e especiais, porém, algumas pessoas andam pela vida despercebidas das suas reais possibilidades e podem passar toda uma existência sem descobrir os seus potenciais. Se comportam como aqueles enormes icebergs que flutuam pelos oceanos. Uma pequena parcela de habilidades e talentos fica exposta e à disposição do mundo, enquanto as partes maiores e mais significativas ficam submersas e latentes, à espera de uma mudança de comportamento gerada pelo autoconhecimento.

Talentos são dons ou habilidades naturais. Quantas vezes não nos deparamos com crianças prodígios, aquelas que aprendem matemática, música e idiomas diversos na mais tenra idade? Encontramos, ainda, jovens que muito cedo despertam para suas aptidões naturais, enquanto outros se demoram na indecisão e na dúvida. Seja qual for o seu talento, ele tem de ser aproveitado para o bem comum e só tem valor quando usado dignamente. Devemos utilizá-lo para melhor viver e para beneficiar todos à nossa volta. “Deixai a sua luz brilhar”, ensinou-nos sabiamente o mestre Jesus.

Talento não se pesa na balança e ninguém pode medi-lo como “maior” ou “menor”. Toda habilidade possui sua importância relativa. Podemos identificar uma pessoa talentosa em qualquer ramo de atividade ou em qualquer ocorrência. Nossas aptidões não precisam ser necessariamente grandiosas, podem ser habilidades pequenas e simples, desde que usadas para o bem comum. Não somos medidos pelo que temos, mas pelo que fazemos com o que temos. Não se engane, você pode fazer muito mais para a felicidade do mundo. Descubra seus talentos desconhecidos e utilize-os para o bem de todos.

Em 1996, a senhora Joanne estava passando por uma fase difícil da sua vida. Encontrava-se divorciada e falida, há muito tempo vivia do seu seguro-desemprego e cuidava sozinha da sua pequena filha. Para aquecer-se, dirigia-se a um café próximo da sua casa e, enquanto sua filha dormia em um carrinho ao seu lado, ela escrevia uma história infantil que falava sobre um menininho que tinha estranhos poderes e uma cicatriz em forma de raio na testa. Completou o livro com muito sacrifício. Doze editoras não quiseram publicar sua obra, a décima pagou um preço irrisório por ela. O tempo passou, os leitores foram aumentando e, em pouco tempo, Harry Potter ganhou a atenção e o carinho de leitores do mundo todo.

0 visualização

©  2016 por Transforma

Av. Melchert, 609   |   Vila Matilde - São Paulo, SP 

Tel. (011) 2651 7100

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon